CORONAVÍRUS: COMO ELE PODE AFETAR AS SUAS VENDAS

 

O Coronavírus vai afetar diretamente o fluxo de consumidores em lojas físicas, isso porque a Organização Mundial da Saúde recomenda a reclusão para evitar o avanço da contaminação. Entretanto o consumo online e delivery poderão ganhar ainda mais espaço e até novos adeptos.

A necessidade de consumo continua a mesma em meio a pandemia, porém com menos movimento em lojas físicas, é hora de apostar no atendimento online para manter o comércio ativo.

 

Você está preparado para vender pela internet?

O comércio eletrônico a cada ano ganha ainda mais importância no mundo todo. O momento é positivo para o investimento em e-commerce. A experiência de compra online é mais assertiva, já que é possível comparar preços e produtos com tranquilidade.

Com a aproximação do inverno - aonde dias de muito frio e chuva são comuns - muitas pessoas preferem comprar sem sair de casa e receber seus produtos no conforto do lar. Em algumas regiões do Brasil os pedidos online chegam a crescer 5 vezes mais e com a situação de pandemia o crescimento será mais expressivo.

 

Crescimento das vendas online

A estimativa da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABcOMM) é que neste ano o comércio online movimente mais de R$ 106 bilhões, 18% a mais que em 2019. Esse crescimento está associado ao público que usa smartphones. De acordo com pesquisa da Fundação Getúlio Vargas, são mais de 230 milhões de smartphones ativos no Brasil. As compras feitas por smartphones representam hoje 37% das vendas.

 

Esses dados reforçam a importância do investimento em uma loja virtual. Entretanto é importante considerar alguns pontos para seu e-commerce ter uma performance positiva.

 

1 - Site responsivo, que significa se adaptar a resolução de todos os dispositivos em que é acessado. O grande benefício de investir em um e-commerce responsivo é a melhora da experiência do usuário. O Google também favorece sites responsivos, já que costumam ser mais rápidos no carregamento da página e isso beneficia o tráfego orgânico;

 

2 - Manter sua loja atualizada é essencial: produtos atualizados, com imagens e valores atuais, além de manter a loja segura para evitar fraudes e vazamento de informações dos clientes. Pense em adicionar o Certificado Digital SSL (Secure Sockets Layer);

 

3 - O e-commerce deve ser facilitador e não problemático. Facilitar a experiência online na sua loja necessita considerar alguns pontos como um layout bem planejado e leve, uma loja virtual atualizada, oferecer vários métodos para pagamento e o fator de maior influência na hora de fechar uma compra: frete grátis.

 

Esteja preparado para atender seus clientes online e fazer desse momento conturbado na sociedade para manter suas vendas ativas e com segurança. Pense que essa situação serve como um teste positivo para quem tiver suas primeiras experiências de compra online.