O melhor Natal dos últimos 6 anos

A data mais importante para o varejo nacional é aguardada com grande expectativa nas vendas. Segundo dados da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), o crescimento esperado é 4,8% em comparação ao Natal de 2018 - o que significa uma arrecadação de R$ 35,9 bilhões. Como você está se preparando para essa demanda?

 

Além disso, vários setores varejistas estão projetando dados positivos para o natal, com expectativa de ser o melhor desde 2013. A CNC aponta que serão contratados 91 mil trabalhadores temporários para atender a demanda sazonal do Natal - 4% a mais que o período em 2018, quando foram 87,5 mil contratações.

 

A Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce) aponta uma contratação de 100 mil trabalhadores temporários, aumento de 28% em comparação ao mesmo período de 2018.

 

No Rio Grande do Sul, a Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Rio Grande do Sul (FCDL-RS) estima um crescimento de 6% nas vendas, com ticket média de R$ 120.

 

A Fecomércio-RS divulgou dados de uma pesquisa com estimativas de consumo para o final do ano. O gasto médio do consumidor gaúcho este ano será 10% maior que no ano anterior, que significa R$ 512,70 por pessoa, conforme a pesquisa. A data deve movimentar R$ 3,7 bilhões na economia do estado. Considere esses números e prepare-se para aproveitar esse bom momento. 

 

Esse cenário promissor se associa à liberação dos recursos do FGTS pelo governo federal, liberação dos recursos de PIS/Pasep, maior oferta de crédito, taxa de juros menor e inflação baixa, preservando o poder de compra do consumidor.